Porque não podemos deixar de nos tratar apesar da COVID.

https://youtu.be/WwCJHEFdscE

Ontem de fato cheguei ao limite da dor. Em que pese cada um de nós ter um limite, não existe diferença quando chegamos naquele ponto, em que a dor supera a possibilidade de passar o dia e viver com qualidade de vida.

Nessa situação, de alerta vermelho, aprendi com meu pai desde cedo a importancia de decidir.

E depois de refletir, deixei o desconforto de lado, chamei o amigo que também esta recluso, para dirigir o carro, e fui para o hospital.

No caminho pensei que existem pessoas que precisam, de fato, ir ao hospital de tempos em tempos para fazer exame e tratamento essencial, indispensável para a saude

No final do dia, tomadas as devidas precauções, observada a segurança, sou grato a todos que esvaziaram a rua trabalhando em casa para não propagar esse virus, consegui ir e vir com segurança.

Isso nao tem preço.

Ao final de tudo me vi cantado “apesar de você amanhã há de ser, outro dia” por sorte comigo Covid não tem vez!

Um comentário em “Porque não podemos deixar de nos tratar apesar da COVID.

  1. Que bom que tudo correu bem, se eu estivesse aí perto seria o amigo que lhe levaria ao hospital, e do hospital de volta para casa irmão. Qualquer coisa é só gritar!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s