O que o COVID lhe ensinou?!

www.youtube.com/watch

N√£o ha mal que seja eterno, e bem que n√£o possa ser feito aqueles que buscam nessa vida aprender e viver.

Até que alguém prove o contrário, sou carne e osso igual a todos que nesse mundo vivem e morrem.

E como tal busco sempre ao longo da vida e do trabalho, conhecer os problemas, as pessoas e estudar solu√ß√£o para os in√ļmeros problemas e quest√Ķes da vida que n√≥s advogados mediamos ao longo de nosso trabalho.

Final das contas não eh isso que me garante sucesso, reconhecimento, nada. Isso me traz um conforto de que enquanto pessoa estou no caminho certo para uma existência com paz e tranquilidade.

N√£o tenho apego ao dinheiro e aos bens materiais, nunca tive. Quem nele se apega n√£o vive para repartir, para ajudar, para multiplicar, para prosperar no sentido amplo da palavra.

E não precisei do COVID para realizar que tenho esse valor de berço, de vida, de estudo, de experiência e aprendizado.

Optei por não ser politicamente correto nessa questão porque também não julgo os outros, sejam os que exploram a pandemia quanto os que a ignoram como se não existissem.

Contudo faz parte da minha existência refletir, afirmar, pensar e perguntar, o que esse episódio, essa pandemia, fez voce refletir?

Segue o vídeo, to querendo saber sua opinião. Aqui, zap, YouTube, qualquer lugar.

Ricos x povo: o voto que mata.

www.youtube.com/watch

N√£o podemos deixar uma Elite financeira, certamente n√£o intelectual, retirar dinheiro do povo e sair impune.

Fernando Collor de Melo se elegeu na bandeira do combate aos marajas, movimento conhecido desde a candidatura do Ademar de Barros com o seu famoso jingle varre varre varre vassourinha.

O marajá aí está. Sacou auxilio do povo.

Poderia ter entrado no circuito e lutado por um auxilio apropriado a sua classe/empresa. Optou pela saída fácil, melhor se inscrever e tomar do governo.

Porque paga imposto?!

Detalhe: os impostos indiretos que recaem sobre produtos e serviços é pago rigorosamente em dia pelo povo como um todo, logo ao que parece essa justificativa revela que existe um grupo necessitando de assistência especial e não é financeira, a começar pela psiquiátrica.

Não posso deixar de registrar esse protesto, vou registrar. Tenho pessoas próximas que precisam desse auxilio. Entrei nessa crise vendendo bens para pagar dívidas, de cabeça em pé entrei e sairei.

Entendo que a palavra e atitude salvam vidas.

Para essa Elite que o país tem que voltar a trabalhar? Que a economia tem que girar? Que o povo tem que trabalhar?

Que exemplo vergonhoso.

Covid – alta no mercado prova que a ganancia mata e a economia nunca salvou vida, pelo contr√°rio, lucra as custas dos necessitados. Imoral isso.

www.youtube.com/watch

Enquanto uma parte da sociedade tenta resolver o problema da pandemia outra esta completamente fora de controle.

Ainda que em alguns países que foram mais unidos em torno desse tema pode-se dizer que a curva esta mais achatada, por aqui as mortes crescem.

Lamento que os empresários que comandam a distribuição e exportação de alimentos estejam aproveitando a alta do dólar para encarecer a comida para os Brasileiros.

Sempre afirmei que a economia nunca salvou vidas nem tirou a fome

Prova maior é isso.

Não é só o importado como o Salmão que aumentou por conta do dólar, e sim o grão, o produto nacional.

Fiz um vídeo conclamando os brasileiros, não vamos esquecer desses capitalistas selvagens numa hora dessa, vamos buscar comprar de redes e mercados menores.

Vamos ter horta em casa!

Precisamos reagir e reclamar. A comida esta adotando a mesma política do combustível.

Quando sobe na refinaria acaba no mesmo dia na bomba. Quando abaixa aquele estoque cai nada e demora muitos meses. Aí sobre denovo e a economia o povo não levou.

Feio isso. Como pode a batata subir tanto?! Como pode itens de Cesta B√°sica sofrer um aumento como esse.

N√£o esque√ßamos, que as ruas est√£o vazias, estradas tamb√©m, menos transito e os caminh√Ķes circulam com uma velocidade m√©dia fazendo ate mais economia.

Ninguém nesse setor parou. E todos embora sem culpa são diretamente responsáveis por esse aumento de custo quando seque o auxílio do governo todos os que necessitam conseguem sacar.

√Č dose!

Não é de hoje que esse problema existe. Do pequeno ao grande. Domingo comprei no Zona Sul e paguei em dobro, porque o caixa disse o dinheiro não entrou e a empresa comprovou que foi.

Resumo da ópera, não é de hoje que além de caro, são desorganizados, ineficientes, modelo do passado.

E antes que voce me pergunte, o dinheiro vai voltar.

Mais importante do que perder dinheiro √© refletir sobre onde se gasta, porque gasta, como economiza, e qual o peso da despesa e import√Ęncia em nossa vida.

Convencido estou que o pequeno produtor e distribuidor tem que receber incentivo, para estar mais perto de nós com custos competitivos, maior lucro, e produto melhor.

Essas redes aí não nos fazem justiça.

Ate quando?!

Sim eu posso!

www.youtube.com/watch

A cada semana que passa novas hist√≥rias vem √† tona, de preocupa√ß√£o e ang√ļstia. Percebo no final das contas, tudo isso causa dor.

E nesse sentimento, comum perder o foco, enganar pela vis√£o.

Como vou ficar? O que vou fazer? E a minha situação?

Fato que na necessidade todo mundo se torna prioridade, sempre. Daí porque gravei o vídeo de hoje que baseia-se em uma história de superação.

A preciosa n√£o √© √ļnica, √© o retrato de uma realidade bem atual. Representa a ma influ√™ncia do modelo capitalista e mostra o caos que √© viver o oposto do sonho americano.

Não damos valor ao próximo. Muitos quando nos chamam é pensando em si, para cobrar, sem fazer qualquer tipo de troca.

Que isso não lhe faça parar.

Tem gente que caminha contra o vento, sem len√ßo e sem documento, por suas quest√Ķes na vida.

Nem por isso est√£o fadados a serem perdedores.

Final das contas não é o que a sociedade vai fazer por voce por conta do coronavirus e sim o que voce vai fazer com sua vida, ainda que por conta do coronavirus.

Sim, eu posso, vc pode também.

√Č como me sinto hoje.

Porque a CNN √© mais do mesmo!

www.youtube.com/watch

Quando pequeno, aprendi pela minha mãe que costume de casa vai a praça.

Ela tinha razão. Com base nessa premissa, não só me instruiu, como também me educou.

In√ļmeras vezes me recordo de chegar em casa com alguma imposi√ß√£o, quando for√ßava a barra porque meus amigos faziam, ouvia, que n√£o era minha amiga do col√©gio, que o comportamento n√£o era aceit√°vel, precisava mudar e obedecer.

Parece que os valores da gera√ß√£o que pertencem foram dilu√≠dos na sociedade em in√ļmeras ondas.

Ao final dessa revolu√ß√£o temos uma sociedade em tese tolerante, embora sinto tenha menos aceita√ß√£o as pessoas e circunst√Ęncias. Tem que tolerar, porque √© globalmente correto. Aceitar ja √© outra hist√≥ria.

Chama atenção, quando vejo alguém com a idade dos meus pais, ter uma posição fora do padrão que outrora foi o norte de uma geracao.

Quando o presidente diz calar a boca, manda encerrar a entrevista e grita para dar uma resposta, fico chocado.

Não e pela falta de instrução, afinal o presidente é ex militar, recebeu instrucao.

O que choca é a falta de educação.

N√£o se deu conta que esse comportamento causa reflexo em todo o governo, e na sociedade que o assiste.

E também na imprensa.

Refleti na semana passada sobre porque a liberade de pauta de uma jornalista da CNN n√£o lhe da o direito de ser mal educada.

Em que pese o ministro tenha falhado ao se dar o respeito, fato que ela, reverbera com o entrevistado a mesma ,ou pior ofensa que os meios de comunicação recebem do presidente.

Estão acostumado a ser ignorantes?? Isso é o novo normal?

Bem, existem diversos meios e caminhos para obter uma resposta a pergunta sem precisar impor, fazer valer vontade própria em prol da comunicacao.

Al√©m da falta de educa√ß√£o, existe tamb√©m a intoler√Ęncia ao debate. Se a entrevista √© minha, falo o que quero, e voc√™ responde se quiser ou n√£o, lembrando que a qualquer momento termino a entrevista.

Esse texto chegou ao fim.

Porque ?

√Č preciso que tudo na sociedade atual haja um debate com concord√Ęncia. N√£o e poss√≠vel acordo que envolva ideias dissonantes e sem concord√Ęncia para n√£o estimular o debate no campo das ideias.

Há uma armadilha aí no projeto cidadão-escola, que a proliferação de celular, mídia social, deslize aqui para ganhar ponto, comprar curso, webinar não responde. A exemplo da tarifa bancária, só ganham.

Que é a falta de resposta, capacitação, e melhora da qualidade humana das pessoas. Apesar de tudo isso.

Esse ensino moderno é a sucessão do ineficiente e esgotado modelo de coaching.

Considerando que a educação é função do Estado, e a sociedade mostra sinais de doença, poderia ser esse, por exemplo, o enredo a começar pela jornalista, para iniciar um debate, ainda que ao final opte por pergunta o que ela, e a emissora acham que é importante.

Privilegiou a pauta institucional e a falta de educacao pessoal em detrimento da informação e até mesmo da entrevista. Sofrível.

Pois √©… a CNN parece ser mais do mesmo, agora sei porque na antiga emissora, passarinho na gaiola acorda cedo para relatar e nao interagir.

Tomara que melhore.

Uma sugestão é demitir, começar do zero, formar novos talentos. Será isso que a CNN deseja?!

Itaconfuso isso!

www.youtube.com/watch

Para que serve uma indica√ß√£o politica de cargo em uma empresa como a Itaip√ļ Binacional?

O que faz um político, num lugar que essencialmente deveria ser operado assistido por funcionários e engenheiros?

Estaria ele verificando a vazão de água? Rotação da turbina? Tempo de geração de energia? Manutenção da usina?

Gostaria de saber o que faz um politico com mandato ou até mesmo sem assumir um cargo desses?

Alguma explicação foi dada a sociedade sobre qual a função social desse gasto com o dinheiro do povo? O que motiva um político abdicar da função principal a qual foi eleito para ocupar um cargo desse?

Que tipo de apoio é esse? Não parece toma-lá-da-ca? Tira da frente quem não gosta, ou nomeia quem gosta para criar confusão e acordo como negociação.

Em retrospectiva aos 28 anos que sou eleitor Рtirei o título com 16 anos Рaté hoje não escutei uma explicação contundente (ou não), sobre qual seria o interesse de ter uma posição como essa lotada por indicação política.

O assunto entrou em pauta na medida em que, nesse momento ao inv√©s de concentrar esfor√ßo para combater e lidar com a quest√£o do COVID, o presidente, optou por sair distribuindo cargos e nomea√ß√Ķes em prol do apoio… que apoio?

Qual o custo disso?

N√£o seria melhor destinar esses recursos para o combate ao virus e reestabelecimento da economia?

E o que diz o empregado da economia dele????

Está aí? ou foi para os estados unidos?

Chato isso, outra semana come√ßa hoje e apesar deles, vejo que a c√Ęmara e senado, felizmente est√£o fazendo o papel deles.

Porque n√£o podemos deixar de nos tratar apesar da COVID.

https://youtu.be/WwCJHEFdscE

Ontem de fato cheguei ao limite da dor. Em que pese cada um de nós ter um limite, não existe diferença quando chegamos naquele ponto, em que a dor supera a possibilidade de passar o dia e viver com qualidade de vida.

Nessa situação, de alerta vermelho, aprendi com meu pai desde cedo a importancia de decidir.

E depois de refletir, deixei o desconforto de lado, chamei o amigo que também esta recluso, para dirigir o carro, e fui para o hospital.

No caminho pensei que existem pessoas que precisam, de fato, ir ao hospital de tempos em tempos para fazer exame e tratamento essencial, indispens√°vel para a saude

No final do dia, tomadas as devidas precau√ß√Ķes, observada a seguran√ßa, sou grato a todos que esvaziaram a rua trabalhando em casa para n√£o propagar esse virus, consegui ir e vir com seguran√ßa.

Isso nao tem preço.

Ao final de tudo me vi cantado ‚Äúapesar de voc√™ amanh√£ h√° de ser, outro dia‚ÄĚ por sorte comigo Covid n√£o tem vez!

COVID 12.000 x 0 Brasil

www.youtube.com/watch

Somos telespectadores de uma guerra que n√£o poupa ningu√©m e tem exposto a fratura e o estado delicado da Sa√ļde no Brasil.

Pior do que isso.

Mostra que o patriotismo √© inferior a autonomia do pensamento em prol da rep√ļblica.

Estou impressionado o quanto por ego ou pela vara alguns expoentes não mudam a cabeça, são pouco flexíveis e mantém suas agendas com assuntos que poderiam ser importantes no início do ano contudo hoje estão superados pelo COVID

A começar pelo Min da Economia. Zero de chance em falar de privatização, superávit e da safra. Tenho certeza que é um discurso alinhado com seu patrão que não reflete o que é necessário para o desenvolvimento do país.

N√£o haver√° nada disso, quanto mais ele demorar e por omiss√£o n√£o mudar mais pessoas morrer√£o.

E sem CPF n√£o h√° CNPJ. Simples assim.

Ao inv√©s de estabelecer uma agenda de credenciamento e socorro √†s pequenas empresas, suponho, cedeu a tenta√ß√£o do chefe com respaldo dos in√ļmeros 4 grandes bancos que hoje constituem o monop√≥lio do sistema no Brasil.

Além disso estou chocado com a condução por ego do processo demissional do ministro. Se for quem diz ser, nenhum problema em ser demitido por opor resistência em benefício ao sistema jurídico do Brasil.

Ao que parece, n√£o.

Sinto um traço característico de Juiz que pela liturgia manda e espera subordinação direta sem exceção.

N√£o s√£o biografias que est√£o em jogo. Estas n√£o existem e o que aparece √© um mar de lama. √Č a pequin√™s de pensar em si antes do pr√≥ximo. De exigir o meu e ter o eu, antes do seu, do nosso.

Realmente n√£o h√° perd√£o para todos os envolvidos nessa esquizofrenia que √© a rep√ļblica. Felizmente a Democracia apesar de atacada permanece imaculada.

Para desgosto desses injustos vamos superar isso. Alguns infelizmente n√£o ver√£o. Outros contra todos repudiar√£o. Acho dif√≠cil que esses egos tenham ao longo da vida constru√≠do rela√ß√Ķes de trabalho saud√°veis.

N√£o me surpreenderia se amanh√£ ex funcion√°rios resolvessem abrir a boca para falar.

Ainda que a unanimidade nem sempre seja compreendida, a verdade esta na boca do povo, e este j√° n√£o est√° engolindo.

Pr√≥ximos cap√≠tulos….

A Esperan√ßa! Em tempos de COVID uma li√ß√£o para a vida

www.youtube.com/watch

Hoje no vídeo acima refleti sobre a vida, o amigo que deus me deu, o que o trabalho dele significa para mim e o quanto é justo homenagear ele postando o texto que escreveu aqui.

Confiram o texto do Felipe Cortez!

Esperan√ßa e a √ļnica coisa que podemos ter.

Super valorizamos e priorizamos coisas que hoje vemos que significam t√£o pouco.

Vale uma reflex√£o tudo isso que estamos passando .

O direito de ir e vir com tranquilidade, o direito de ver amigos, parentes , beijar quem amamos tudo isso seria um risco. Já imaginou um dia que beijar e abraçar alguém que ama ser um risco?

Hoje e sempre a palavra é esperança.

Esperança de que tudo passe

Que nossas vidas voltem ao normal

Que nosso maior estresse seja um tr√Ęnsito parado, um atraso no trabalho, ou qualquer outra coisa boba .

Esperança de que possamos beijar quem amamos sem medo de nada

Esperança de ver amigos e parentes

Esperança de um bom emprego

E seguir a vida é realizar sonhos

E tudo isso que está acontecendo sirva como lição

Uma lição de valorizar as pequenas coisas

Uma lição de saber respeitar a natureza, em apenas 40 dias a natureza já está recuperando suas forças

O ar mais limpo

As √°guas mais limpas

Animais extintos reaparecendo

Talvez tudo isso seja apenas uma lição , um castigo do nosso pai Deus, ensinando a gnt valorizar mais oque trás paz do que valorizar oque trás renda.

Eu so mantenho minha esperança de que tudo vai acabar e que nossas vidas vão está renovadas, como um recomeço, seria igual ter novamente 10 anos de idade , com a cabeça que temos hoje aos 30 .

Hipocrisia elevada ao extremo!

www.youtube.com/watch

Hoje recebi um e-mail de empresa de estacionamento dizendo para os usuários ficarem tranquilos que estão adotando as medidas de segurança com EPI, alcool em gel, para todos os seus funcionários.

Realmente criativo esse departamento de marketing.

Essas empresas foram as primeiras a automatizar suas fun√ß√Ķes.

S√£o dois os motivos que levam a sua exist√™ncia: (1) gan√Ęncia e (2) viol√™ncia.

Vendem um sistema de gestão que nada mais é do que uma ferramenta que os auxilia a inflacionar o preço da vaga para obter uma máxima rentabilidade.

O tem gente que defende esse mercado….

Não existe eficiência na administração de vaga, e sim obtenção de dinheiro.

Não deveria haver retorno financeiro na administração de uma vaga em prejuízo ao usuário.

O custo dessas empresas que usam totens, sistemas, é ridículo de baixo, nem mão de obra especializada em cada empreendimento tem.

Empresa de estacionamento não é de segurança. Se dobram a função, desconfie!!!

Não existe capacitação na operação de caixa, que é o funcionário que ali esta.

Não existe experiência em acumular renda por esse serviço. Zero.

Nem existe qualifica√ß√£o de clientela… algo que poderia mudar.

Ja sem querer botamos um freio no petróleo, devemos aproveitar e botar outro nessas empresas antes que seja tarde demais.