Porque a CNN é mais do mesmo!

www.youtube.com/watch

Quando pequeno, aprendi pela minha mãe que costume de casa vai a praça.

Ela tinha razão. Com base nessa premissa, não só me instruiu, como também me educou.

Inúmeras vezes me recordo de chegar em casa com alguma imposição, quando forçava a barra porque meus amigos faziam, ouvia, que não era minha amiga do colégio, que o comportamento não era aceitável, precisava mudar e obedecer.

Parece que os valores da geração que pertencem foram diluídos na sociedade em inúmeras ondas.

Ao final dessa revolução temos uma sociedade em tese tolerante, embora sinto tenha menos aceitação as pessoas e circunstâncias. Tem que tolerar, porque é globalmente correto. Aceitar ja é outra história.

Chama atenção, quando vejo alguém com a idade dos meus pais, ter uma posição fora do padrão que outrora foi o norte de uma geracao.

Quando o presidente diz calar a boca, manda encerrar a entrevista e grita para dar uma resposta, fico chocado.

Não e pela falta de instrução, afinal o presidente é ex militar, recebeu instrucao.

O que choca é a falta de educação.

Não se deu conta que esse comportamento causa reflexo em todo o governo, e na sociedade que o assiste.

E também na imprensa.

Refleti na semana passada sobre porque a liberade de pauta de uma jornalista da CNN não lhe da o direito de ser mal educada.

Em que pese o ministro tenha falhado ao se dar o respeito, fato que ela, reverbera com o entrevistado a mesma ,ou pior ofensa que os meios de comunicação recebem do presidente.

Estão acostumado a ser ignorantes?? Isso é o novo normal?

Bem, existem diversos meios e caminhos para obter uma resposta a pergunta sem precisar impor, fazer valer vontade própria em prol da comunicacao.

Além da falta de educação, existe também a intolerância ao debate. Se a entrevista é minha, falo o que quero, e você responde se quiser ou não, lembrando que a qualquer momento termino a entrevista.

Esse texto chegou ao fim.

Porque ?

É preciso que tudo na sociedade atual haja um debate com concordância. Não e possível acordo que envolva ideias dissonantes e sem concordância para não estimular o debate no campo das ideias.

Há uma armadilha aí no projeto cidadão-escola, que a proliferação de celular, mídia social, deslize aqui para ganhar ponto, comprar curso, webinar não responde. A exemplo da tarifa bancária, só ganham.

Que é a falta de resposta, capacitação, e melhora da qualidade humana das pessoas. Apesar de tudo isso.

Esse ensino moderno é a sucessão do ineficiente e esgotado modelo de coaching.

Considerando que a educação é função do Estado, e a sociedade mostra sinais de doença, poderia ser esse, por exemplo, o enredo a começar pela jornalista, para iniciar um debate, ainda que ao final opte por pergunta o que ela, e a emissora acham que é importante.

Privilegiou a pauta institucional e a falta de educacao pessoal em detrimento da informação e até mesmo da entrevista. Sofrível.

Pois é… a CNN parece ser mais do mesmo, agora sei porque na antiga emissora, passarinho na gaiola acorda cedo para relatar e nao interagir.

Tomara que melhore.

Uma sugestão é demitir, começar do zero, formar novos talentos. Será isso que a CNN deseja?!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s