Porque sou + Brasil do que Mandetta

Mandetta verbalizou o que todos nós sabemos.

Ficou conhecido nacionalmente por dizer que estamos sem saude, sem transporte, sem saneamento, sem leito em hospital, sem suprimentos. Daí porque devemos ficar em casa para não morrer de uma só vez.

E ele não vai resolver isso. Vai ficar ao lado da ciência. Esses problemas são do Brasil, e não da saúde.

Nenhum problema. Cada aspira no seu galho… porem! Não pode, de forma alguma, dizer que esta preocupado com a falta de insumos porque a China, com razão, vende a vista para quem chega com dinheiro antecipado.

O Brasil de hoje é arcaico. Minha crítica ao Mandetta é a falta de patriotismo e de senso de Estado. E não é só ele que esta doente. Muitos ali estão míopes e nos devem isso tudo corrigido com juros e muitas explicações.

Como se não bastasse a falta de EPI e respirador, Mandetta e demais representantes do Estado, não podem culpar outro país pela falta desses insumos… não.

Na realidade nenhum dos políticos sequer ventilou de antemão que a República Federativa do Brasil tem capacidade de fabricar EPI e respirador. Em 1942 os Estados Unidos fabricavam geladeira, ar condicionado, carros, e diante de uma ameaça se voltaram a fabricação de equipamento militar e transformaram a nação. Felizmente não precisamos desse equipamento militar ainda; é so EPI e Respirador.

É vergonhoso que tenham que culpar outro país pela falta de estrutura. Essa é a responsabilidade e omissão de todos os politicos. Por anos!

Resumindo: não olham para o Brasil, e não o consideram a pátria apta, suficiente e capaz de produzir um insumo insignificante como esse. Falta de EPI não é desculpa. Temos boas confecções, fabricas, e estrutura nacional para incentivar. Tem negócio para fazer, tem Brasil para crescer nessa oportunidade imensa, e que esta nos custando vidas.

A Anvisa não esta ok. Anvisa gasta recurso para homologar produto com chancela do FDA e CE. Gasta recursos humanos, dinheiro, tempo, e não tem agilidade. É uma vergonha nacional, um desserviço ao empresário Brasileiro. Poderia extinguir e segregar algumas de suas funções a outras repartições.

Esperei que o presidente, ao invés de ficar atento as questões como essas, que tem dono, voltasse para o Brasil. Não o fez. Por hora não fez. Espero que faça.

E aqui vai um roteiro:

  1. Fomentar indústria no Brasil para fabricar produto de alto valor agregado. Não ficar dependente da exportação de agricultura do petróleo.
  2. Se temos mão de obra técnica em multinacional para consertar equipamentos médicos como respiradores, temos mão de obra para fabrica-los. Quais os incentivos que estamos dando a essas empresas que de fato vestiram a camisa do Brasil S/A? Porque não fomentar para gerar novos negócios??
  3. Se produzimos avião, respirador é mole:
  4. Porque o governo se volta a distribuição de renda como solução em detrimento da geração de indústria e insumos para mesma?
  5. Porque os empresários que pagsm os direitos sociais do trabalhador, devem ainda suportar os fiscais inerentes à ineficiência do estado. Vamos ficar nesse debate medíocre sobre se a ajuda deveria ser de 2,3,6 ou 12 meses. Pior de tudo é que não vai resolver. Para o funcionário sempre será insuficiente, se bobear vai desdenhar do governo enquanto essa conta, sabemos, mais dia menos dia será cobrada.
  6. Cobrar 10% de economia em todos os ministérios e recomendar 10% de economia em cada um dos poderes já. Temos ai mais de 10 bi que poderiam ser gerados sem esforço, somente enxugando a maquina. Muito fácil para o governo rodar orçamento deficitário enquanto nós, endividados, somos duramente penalizados! Não temos tesouro nacional, nem particular, para socorrer quando falta. No particular é assim… se não economizar, se atrasar, corta… corta luz, seguro, gas, net, carro, enfim tudo acontece. No governo… não. E não adianta culpar as administrações anteriores, cabe a atual, cortar o mal pela raiz. Se falta dinheiro para gasolina não abasteço e paro o carro até voltar ou vendo se não tenho como manter. Vendo o carro, vendo o apartamento, vendo tudo. No governo, todo mundo reclama.

Esse ministros tinham o dever de organizar o orçamento para as funções básicas e desregulamentar o estado para torna-lo mais proximo do que o povo deseja!

Ao invés essa direita, que prega o liberalismo, menos estado na vida das pessoas, usa esse discurso para aumenta-lo. No fundo, uma vez eleito, não existe direita ou esquerda, apenas a intenção em perpetuar-se no poder.

Isso é uma vergonha! A CNI ao invés de fomentar a fabricação de EPI vai na imprensa defender isolamento. CNI num pais que sequer tem indústria para essa demanda básica, seu presidente deveria pensar, onde erramos?! E não como ter um discurso alinhado com o Presidente. CNI é outra vergonha! assim como a Febraban, esta última nasceu do nosso dinheiro, ao invés de fomentar a abertura de mercado regula um punhado de bancos privados.

Então desde Getúlio Vargas não vejo pessoas com espirito de nacionalismo. O Brasil é uma economia fechada! Na época de Getúlio ate o fósforo fiat lux era inglês, tudo importado. Getúlio errou na concessão excessiva de direito social, assim como Ulyses deixou a constituição uma conta impagável.

Por anos e anos a sociedade fechou os olhos, procurou sobreviver em meio desestabilização da moeda e sucessivos planos econômicos.

Agora entendo porque comumente escuto a crítica que os portugueses colonizadores do Brasil eram piores do que os portugueses. Afinal aqui o Estado so fomenta emprego primário, é grande, pesado, ineficiente, e quando falta, toma do particular. Toma equipamentos de saúde, socializa os custos da administração pública e não se sente em dívida com seu povo. Exceto para fazer política de integração que representa aumento da maquina e oneração. Empreender no Brasil é difícil.

O Rio de Janeiro por ter sido Capital da República tem um sistema de saúde enorme. Ao invés de rapidamente se organizar e investir na recuperação dos leitos parados no Hospital Federal de Ipanema, Servidores e Bonsucesso, vende a ideia do hospital de campanha. Aqui complica ainda mais, porque criou-se hospital de Acari. Tivesse empregado os recursos nos hospitais a conta seria melhor. No Rio na contramão implodiram a expansão da ufrj pq nao havia demanda…. e ninguém saiu preso. A imprensa esqueceu. O povo não cobrou. A página ta virada?!

Por isso sou mais Brasil do que Mandetta… e de qualquer um desses políticos ai.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s