Passado, presente e futuro…. e a nossa parte!

Uma década de lixo televisivo se passou, entre BBB, Ídolos, A fazenda e casa dos artistas, dentre outros que em muito escureceram os nossos lares. o telecurso deixou a tv, o patati foi para patata, gato Felix e a turma do garibaldo aposentados e o castelo ra ti bum quem sabe na terra do nunca provavelmente deu lugar a um empreendimento imobiliário e desenvolvimento urbano, com sorte sem noticia de consumidor lesado e imposto roubado.

Pois é, vivemos no elo perdido, perdidos entre as lembranças, a cultura, os valores e tudo aquilo de bom que aprendemos e vivemos no passado, presos no futuro do amanha conduzido de forma beligerante pelos que hoje nao sei como influenciam ou tem influencia em pessoas, meios de comunicação, para ser mais explicito: radio, revista e TV.

Seja qual for o formato escolhido pelo ouvinte, leitor ou telespectador, o principio básico da obtenção de informação e veiculação de historia, fatos, pensamentos implica no exercício básico de escrita e fala, fatores outrora tao valorizados e que hoje estão em declínio ou marginalizados, o que demonstra, em termos práticos que nao atingiram o propósito, melhor atenção ou importância por quem deveriam ter obtido no uso, exercício de fixação de conceitos e normas, isto mesmo, o Estado Brasileiro.

A educação é de uma forma geral abaixo da media e de cabeça erguida, lemos e assistimos o caos todos os dias em que valores sao postos a prova e esquecidos ou justificada a omissão como obrigação ou desculpa na explicação e solução de problemas. Vamos ao teste:

Quem nao conhece pessoas humildes na fala e escrita que sao mais ricas em educação no conceito moral e cívico? Qual a diferença destas em relação aos mais remunerados cujas escritas e palavras levaram ao gasto, desperdício de dinheiro e atos de imoralidade e improbidade?

O que nos une nesse universo desigual é o fato que o ser é uma espécie em desenvolvimento, seja qual (e como) for a sua educação, escolaridade ou nível social e tipo de trabalho, o bom é inimigo do ótimo, o pior é inimigo do ruim e no final todos nos pagamos a conta na recuperação do prejuízo ainda que sob forma de imposto e aumento de custo, pavor dos que para a economia trabalham e do sistema dependem, resquício de um passado de indexação mais presente no hoje e necessário no futuro do que nunca.

Enfim faz parte da genética usar os conceitos do passado na construção de futuro melhor para si e para os outros, tanto roubo, tanta decepção e humilhação revelam que a lição do passado nao foi essencialmente aprendida pelos que hoje tem influencia e ditam as regras do futuro, ainda que nao saibam ler e escrever (sociedade já provou que isso nao é fundamental) fato é que a luta e as conquistas do passado serão historia no futuro e aqueles que faleceram em busca da cura pela disbete, pelo HIV, estabilização da moeda, aposentadoria digna para todos, serão mais uma lenda dos tempos novos que virão… e nao estarão aqui para nos lembrar disso.

Maos a obra, o que hoje você fez para se orgulhar de estar fazendo a sua parte? Adote e divulgue essa idéia, a solução para muitos problemas esta cada vez mais dentro de si do que na espera a solução deles.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s