A verdade sobre o morro do banco

Tenho lido algumas noticias sobre violência da policia no quintal de casa que e o morro do banco. Brincadeira de mal gosto em um tema serio, que mata, que ameaça as pessoas e que felizmente esta sendo combatido pelo Governo. Logo sentei com minha mãe e redigimos essa carta que espero seja objeto de reflexão por aqueles que pensam primeiro na manchete e depois na noticia.

Prezada Paola,

Li a noticia redigida por voce com certo espanto, pesar e porque não, decepção. Aliás também matéria na internet e na TV GLOBO.

Moradora da região do “morro do banco” ha muitos anos assisti da noite para o dia a comunidade ser tomada pelo tráfico e a vizinhança outrora tranquila ficou amedrontada e rendida pelo medo.

O medo mata, a liberdade nao. E amedrontada presenciei a mudanca de uma regiao que ha mais de 10 anos nunca teve qualquer tipo de ocorrência policial, em que pessoas dormiam ate pouco tempo atras de janela abertae agora tomada por armas pesadas, funk proibidos de sexta a segunda, drogas, tiros e todo tipo de justiça às próprias mãos que nenhum estado democrático de direito permitirá existir.

E não me restou nenhuma alternativa senão esperar uma atitude e força do governo em recuperar a paz e tranquilidade que hoje existe no lugar e que infelizmente nao é objeto de noticia pelo jornal.

Nao sem antes ver bandidos armados perto da minha casa, nao sem antes ouvir tiros, guerras e mortes perto de casa, nao sem antes ver alguns jovens que moram perto se renderem a teia de poder que ronda aqueles que vivem da institucionalização da violência e do trafico, nao sem antes ser abordada mais de uma vez por policiais cordiais ainda que altamente armados para revistar o carro, a casa e o bairro.

Lamento que a comunidade tenha sido tomada por esse manto da violência e lamento pelas familias que como a minha ficou refém dos tiros e da violência que por quase um ano aterrorizou diariamente a minha vida e das familias que perderam seus filhos para o trafico.

Eu louvo o Estado, que não fugiu e combateu essa guerra ainda que na porta de casa. Ninguem vai morrer ou ser assaltado essa noite. A paz devolvida a comunidade não tem preço. Dormir com a janela aberta, chegar tarde em casa sem ser abordado por delinquentes com fuzil e nao ter o medo de morrer por “bobeira” é uma realidade para todos nós.

E as criticas a atitude policial vem daqueles que se beneficiam dos direitos humanos ainda que os defensores prefiram defender uma minoria em detrimento de uma maioria… dos que não mais ganham dinheiro com os esquemas e dos que conseguem colocar noticias como a sua que coloca em evidência uma área e uma suposta conduta sem antes verificar o ano inteiro o que ocorreu com a região.

Foi com muito pesar que li sua materia, pior do que a omissão do poder público que ocorreu no passado e agora comecou a restaurar a ordem no lugar é a desinformação da imprensa que sequer verifica fatos, redige materia ja julgando por relatos, acaba favorecendo a volta desse terror noticiando violencia por violência e isso no morro do banco foi o que a policia de fato não fez.

Receba meu convite para vir a minha casa, conversar com os moradores e realmente se inteirar da situação vivida. Não foi você quem não conseguiu dormir nos finais de semana devido aos bailes e tiroteios, não foi você que teve que colocar câmeras de segurança, vigilantes, cercas elétricas para minimizar os riscos.

Cordialmente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s