Do Auto a Fechadura, com ou sem cabeça..

Não é novidade minha impressão que estamos virando um algoritmo de uma programação que não prestigia o homem em sua individualidade e experiência.

A cada ano que passa a demanda por energia cresce. Interessante notar que o governo não mais é objeto de questionamento pela imprensa e veículos de comunicação.

Diante da inércia, essa obrigação foi transferida ao particular que fomenta a produção por meio de painel solar e termelétricas.

O que isso tem haver com a fechadura do carro?

Simples. A obsolescência da nossa existência, foi associada a práticas do passado. E isso significa dizer que o conceito do que é novo, velho, eficiente e até mesmo formador de opinião e tendência está programado.

O Estado falhou no ensino. A falta de ensino, ou a substituição do ensino pelo lanche, transporte e um conjunto de políticas sociais assina o projeto de cidadão que o governo quer criar.

Na falta da correção de rumo criou-se um sistema novo que, sem história, sem cronologia, sobrevive.

Esta entendendo porque o carro usado está custando mais caro? Antes que voce responda já explico que não tem nada haver com a falta ou não do microchip…. não. Basicamente o cidadão foi doutrinado e acreditado a comprar o novo. É melhor porque é novo, simples assim.

Existem muitos carros usados aptos a fazer parte da frota, e não são ruins. Só não são considerados porque hoje fazem parte da obsolescência programada, mesmo conceito ou linha de comando que faz uma pessoa de 70 anos sentir deslocada do mercado de trabalho, e outra de 50 anos perceber que a geração anterior chegou e não assimilou os ensinamentos ou fatos históricos.

Me surpreendo quando encontro jovens que conseguem cronologicamente se desenvolver com base sólida nos fatos e acontecimentos do passado. Cada vez mais difícil no mundo que não preza por marcos históricos para absolutamente nada.

Uma zona, então quando pensar que o celular esta velho, que o carro está difícil de consertar e que esta difícil atingir determinado objetivo, repense o objetivo sabendo que hoje tudo é fácil. Difícil é se empenhar a resolver por conta da alegada obsolescência.

Ainda que de forma (proposital) desorganizada.

Confira

Um comentário em “Do Auto a Fechadura, com ou sem cabeça..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s