Pare, leia e reflita!

Tanta gente se acostuma a viver a vida alheia, que não olha para si mesm, não reflete nem se pergunta porque algumas vezes reclamamos, brigamos ou nos indigamos antes de agradecer pelo ato de viver.

Ainda que a vida seja um milagre, e viver um mistério inexplicável como a fé, percebo muitos não se dão conta que não é necessário sofrer, presenciar ou viver um evento extraordinário para entender a presença de Deus em nossas vidas.

Ele esta perto em todos os momentos. Nós por outro lado nem sempre estamos abertos ou atento aos sinais.

Hoje por exemplo estava na academia, num canto isolado fazendo os exercícios diários que faço ainda que extraordinariamente no sábado, batendo um papo com meu irmão, amigo e professor.

Ele basicamente ilustrou momentos de dificuldade dele, meus e de outras pessoas, e fez um link para mostrar como estive sempre perto para ajudar em questões realmente duras. E que poucos teriam a força e perseverança para aguentar sem desistir, e continuar.

Quando então parei e falei, Bruno olha ao redor, a sala cheia ficou vazia, a festa esta la fora, o pagode sumiu, estamos num box de crossfit e no alto falante agora toca agora um louvor.

Continuei e disse, perceba que ha ali uma pessoa estática olhando para o quadro enquanto toca a música que diz Jesus não desistirá nunca de voce.

Conclui dizendo voce esta vendo como ele esta perto de mim? Perto de nos? Esta vendo o que ele faz para mostrar sua presença? ele esta ali parado percebendo como reagimos a presença dele que esta sempre perto.

A música acabou ele ficou la 10 minutos sem música e ele está lá. Não eh coincidência, é a forma pela qual ele mostra e aparece e me ensina a superar desafios e viver essa vida.

Esta mais perto do que nunca.

Vivi outro milagre da fe.

E voce? Basta acreditar, ter fé, viver a sua vida sem duvidar.

Bom final de semana!

Conivente ou conveniente?!

O Brasil se tornou a nação do ti-ti-ti. Recentemente li algumas notícias sobre a interpretação do rol taxativo da ANS em julgamento no Superior Tribunal de Justiça.

E não faltou adjetivo, narrativa jocosa e crítica ao STJ por ter dificultado e muito a vida de quem precisa do seguro de saúde e muitas vezes tem o pedido de cobertura negado pela seguradora.

Ninguém falou da ANS… e do SUS? (Silêncio)

Ainda que não seja o Brasil um país que propicie o livre exercício de pensar da escola ao emprego, porque aqui o ensino publico ou particular obrigatoriamente segue um método próprio ditado pelo governo federal que compreende política essencialmente de esquerda e não permite ao trabalhador ter mais salário e menos encargos, tornou-se hábito reclamar.

Então é mais fácil bater na toga do que repensar o sistema, porque do sistema esses que reclamam vive direto ou indiretamente. Seja elegendo quem diz que vai fazer uma nova política pública, ou quem vai a pretexto do problema reformular a que ai esta, ou até mesmo quem vai lutar.

Quem vai trabalhar para repensar o estado?

Porque o Brasil se tornou o país que criminaliza quem realiza atividade mercantil?

Porque o empresário enquanto mercantilista pensa no bolso primeiro e depois enquanto consumidor pensa no seu direito primeiro.

Enfim me admiro ver tanta gente bem sucedida de expressão seguir o mote de bater na justiça enquanto seus eleitos vivem do aparelhamento do estado.

Imagina o tamanho do conflito…

Seus filhos no sistema de ensino aprenderão que ANS Foi criada em 2000 e é vinculada ao Ministério da Saúde. Tem por objetivo promover a defesa do interesse público na assistência suplementar à saúde, regular as operadoras setoriais, inclusive quanto às suas relações com prestadores e consumidores…

Então porque papai esta com raiva?

Temos 10 agências reguladoras no que classifico ser uma herança maldita do aparelhamento do estado cujo marco inicial se deu no governo Fernando Henrique Cardoso, a saber: ANATEL, ANP, ANS, Aneel, ANVISA, ANA, ANCINE, ANTAQ, ANTT, ANAC.

Todas lotadas de técnicos públicos, orçamento grande, certamente com muitas indicações.

O cavalo de troia chegou, foi implantado derrepente muitos, sem pensar, seguiram no automático a ideia nada original de bater no tribunal. Nem o Conselho Federal e Regional de Medicina bateram.

Por trás disso vejo a manipulação da imprensa. Temos apenas dois candidatos, não mais que isso e uma série de pesquisas que servem para ajudar na eleição na medida em que o povo que esta ai sem direito no sub aglomerado e a beira dos serviços ineficientes do estado vota para ganhar, não é para perder.

E ganhar é van, onibus, asfalto, líder comunitário, política pública de massa, ainda que assim tenhamos mais estado menos economia e menos emprego.

Ate quando?!