+ ação e – coação

O Supremo Tribunal Federal julgou muito recentemente uma ação que tinha por objeto proibir a condução coercitiva por ser incompatível com um dispositivo constitucional, que garante a todos nós o direito de não depor e ficar quieto.

Esta correto.

A decisão segue a risca o escrito na constituição.

Julgar é aplicar a lei e não enjusticar em nome desta… Julgar não é ser popular, e fazer justiça é seguir a Lei e não coagir pessoas em nome destai. Existe aí uma grande diferença que agora é protegida pelo Supremo.

Uma série de imperfeições ficaram para trás. O que passou, passou, uns pagaram pelos erros de outros e não a toa conseguiram perante o tribunal superior reparar esses erros, se bem que nem todos tiveram a mesma sorte e tem gente la até hoje em função disso.

A justiça não para, eventualmente vai determinar no lugar da condução coercitiva uma prisão preventiva, que vai impor ao preso um procedimento bem custoso pela necessidade de contratação de criminalista.

Não há ilegalidade nisso, daí porque não critico.

Entendo que é o exercício regular de direito, ou interesse na legimitma defesa de qualquer cidadão antes de ser julgado ainda que pela exposição na imprensa sai na largada como condenado.

É como penso, popular ou impopular.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s