Para viver a vida.

Prometo fazer tudo o que tem que ser feito, sozinho, denovo, ainda que nao dessa vez nao saiba exatamente o que tem que ser feito, sem delongas, sem desculpas nem subterfugios, porque a vida n√£o espera.

Agora ve se espera, tenha paciência, tudo o que fui (ou sou) esta no que as pesoas (incluindo voce) vêem de mim e estou aqui, ainda que sozinho, fazendo a minha parte, prometo.

A redonda linha reta do tempo

Vivemos em ciclos, na mesma quantidade e qualidade que a vida permite a pessoa existir e viver.
 
Sair, correr, ficar, zoar, viajar, sumir, n√£o adianta… por mais diferente que as cidades e as pessoas sejam, em g√™nero s√£o sempre os mesmos, apenas em ciclos diferentes, problema nenhum.
 
Mais agora o ciclo Рe o desejo Рé meu, pronto, eu disse, isso faz de mim uma pessoa melhor ou pior do que você?

A GENTE AMA QUANDO?

A gente ama quando beija e nao esquece a boca beijada;

A gente ama quando ao tempo do beijo ou ao lado da pessoa amada torce para o tempo parar;

A gente ama quando guarda a mancha do baton ou demora para tirar;

A gente ama quando sente o cheiro daquele ainda que distante em varios lugares;

A gente ama quando a toda hora e a todo tempo queremos mais;

A gente ama quando admite que o amor não é perfeito e mesmo assim se debruça sobre ele;

Apenas um cuidado e recomendação: a vida de fato é curta, e pode nao ficar muito melhor do que isso, aproveitar nao custa nada, felizmente, esqueça o amanhã e viva o presente.

Sintonia do amor

cade o amor? esta vindo? vai me deixar mais uma noite sozinho? ta chegando? hoje, agora, amanha? quando? esperei o sol e nao dormi, agora o mundo acorda e eu sozinho? denovo?

Um conselho: nao busque nem procure, viva sua vida e deixe que o amor vai te encontrar. Assim encontrei o meu, felizmente e simples assim.

C O N T E X T O

teve um flashback, esta pensando nas memorias e fantasias passadas… a√≠ vai um conselho: olhe para tras, apague porque vale o presente, o resto √© utopia.

Isso mesmo, o resto é utopia, lá o ceu é lindo, azul, chove diamantes e todos querem dar um pulo la, e ate que tudo acabe, eu tenho sempre o presente e ele tem sempre a mim, por hoje, por agora e para sempre.

Buenos Aires

Aproveitei que o Rio lamentavelmente parou em fun√ß√£o do Rio + 20 ainda que seja para discutir o que ninguem sabe o que √© (desenvolvimento sustentavel) repetir trechos da eco92 sob a otica “recordar √© viver”, ou como se poema fosse, ou ainda perder o tempo para falar de personalidades quando – e com o devido respeito – por falta de pessoas nobres enaltecemos o presidente do iran enquanto os que por necessidade trabalham, sofrem e assistem o show de violencia e truculencia da policia rodoviaria federal que, mais rapido do que o transito expulsa carros da rua, quando nao chuta para abrir caminho, resolvi passar uns dias em Buenos Aires… ate segunda e bom final de semana para todos e N√ÉO! nao estamos perto de estar preparados para a copa nem olimpiadas, vivemos em uma cidade da propaganda que nada tem a ver com os cidadaos que nela trabalham e dela dependem…

Tudo aqui vira romance, publicidade e historia na TV, muito tosco, nem parece que ha coisa de 1 – 2 meses tentaram acabar com um hospital federal e a globo nao circulou a noticia, a proposito o lixao nao √© bonito nem romantico, os que la trabalhavam ficaram orfaos de uma atividade economica (certo ou errado √© fato) assim como todos os funcionarios publicos que ficaram refens da privatizacao do servi√ßo por delega√ßao a OS pelo governo, isso enquanto o STF julga acao de inconstitucionalidade proposta a √©poca pelo PT e de fato afirma que esse sistema √© ruim, nao ha fiscalizacao e gasta (quando nao se rouba) muito dinheiro porque OS serveria, em tese, para fomentar o estudo e desenvolvimento cientifico e nao administrar tercerizado cadastrado como auxiliar de escritorio e lotado na saude como enfermeiro… coisa do Brasil, nao , coisa de irresponsaveis e de um eleitorado que precisa abrir os olhos, dizer um basta, nem que isso signifique bater panela na rua ou votar pela primeira vez em pessoas diferentes, acorda Rio!

20120622-231109.jpg

20120622-231240.jpg

20120622-231257.jpg

20120622-231325.jpg

o quanto vale 1 minuto e 35 segundos de hor√°rio eleitoral na TV??? vale a alian√ßa do Lula com Maluf

Realmente temos que bater palma para o Maluf, campeão, exigiu a benção de ex presidente com a maior popularidade da história do país e levou, tudo em troca de hum minuto e trinta e cinco segundos. 

Essa não é a primeira façanha do Lula, um espanto, ele aperta a mão do Collor que na campanha acusou o Lula de renegar a Lurian.

Ex presidente da rep√ļblica tem que ter limite.¬†Maluf n√£o tem nada a perder com isso porque n√£o √© ex presidente da rep√ļblica, n√£o tem compromisso √©tico e moral com ningu√©m e ainda dizem que um parente foi nomeado secret√°rio no governo Dilma.¬†

Por outro lado, eu que não conheço a Erundina, não votei nela e nunca tive qualquer informação passei a admirar a postura digna de uma pessoa que não transige com essa política suja, um mar de lama.

Justi√ßa: quando o Seguro falha s√≥ mesmo o judici√°rio, ate quando?

De tempos em tempos questiono perante o Judici√°rio a validade de algumas cl√°usulas contratuais inseridas em ap√≥lice de seguro de sa√ļde que considero abusivas, basicamente porque imp√Ķe a utiliza√ß√£o de tratamento “padr√£o” ainda que seja ineficaz na cura ou tratamento da doen√ßa.

Essa √© a ponta do iceberg. Que paciente quer morrer? quantos n√£o buscam a vida e se amparam em tratamentos, datas e ocasi√Ķes festivas como desculpa e esperan√ßa de mais um dia, mais um mes, mais um ano, enfim, o tempo que for necess√°rio para ter a cura.

Qual a fun√ß√£o do seguro de sa√ļde nessa rela√ß√£o, ele n√£o deveria ser o primeiro a empregar todos os meios necess√°rios e indispens√°veis para manter o segurado vivo? ¬†quando o seguro n√£o segura, quando o seguro √© aquele que perde a esperan√ßa e deixa de tratar… deixar de arcar com uma medica√ß√£o ou deixa de realizar um exame, deixa de tratar uma s√≠ndrome incur√°vel… n√£o √© o mesmo que n√£o existir? n√£o funcionar? eu acho que isso √© o suficiente para impingir ao segurado um dano moralmente indeniz√°vel, j√° o Tribunal de Justi√ßa do Rio de Janeiro nem sempre acha, que sirva de est√≠mulo que pelo menos o tratamento paga, sorte a nossa que ministros, desembargadores, ju√≠zes, enfim, todos s√£o pendurados na mesma teia de burocracia e incerteza que √© a rela√ß√£o do seguro com o segurado.

…Isto posto, JULGO PARCIALMENTE PROCEDENTE O -PEDIDO contido na inicial e torno definitiva a decis√£o que antecipou os efeitos da tutela, inclusibve permanecendo o valor e os efeitos da multa di√°ria arbitrada na mesma decis√£o, para determinar que a r√© custeie o tratamento de sa√ļde da autora,¬†bem como para que forne√ßa os medicamentos indicados pelos m√©dicos que assistem, na quantidade necess√°ria, conforme relat√≥rio m√©dico, e o que mais for imprescind√≠vel apra a concluls√£o do tratamento, inclusive interna√ß√£o hospitalar, utilizando-se, se ofr o caso, da continuidade de outro tratamento condizente como que vier a ser requisitado pelo profissional de medicina.¬†Condeno ainda o r√©u em custas ehonor√°rios advocat√≠cios que arbitro em 10% sobre o valor atribu√≠do √† causa. Transitada em julgado e cumpridas as formalidades legais, d√™-se baixa e arquivem-se. P.R.I.

Disse Carlos Lacerda “Futuro nao √© o que tememos, √© o que ousamos” eu com todo respeito digo “Presente √© o que vivemos”

Afinal o passado ja foi, futuro a deus pertence e nossas escolhas de hoje refletem no amanha. Simples assim.