Pensamento do dia

Quando pequeno meus pais (e a sociedade) me ensinaram muitas coisas da vida, exceto como ser sozinho e lidar com a solidão.

Felizmente na roda viva da vida, que ora nos confude, ora nos ocupa com outros problemas, nossos e as vezes dos outros, abafou a minha voz.

Demorei, mais entendi qual era a minha solidão e lidei com ela.

Isso veio de dentro para fora.

Felizmente

embalos de sabado a noite no pior rock in rio ever

Se o festival tem intenção de refletir o momento que vivemos no Brasil acertou em cheio.

Mal planejado, superlotado, absurdamente caro e a rihana, coitada, nem com o playback ajudando consegue cantar.

Erraram na instalação dos banheiros e da metade para o fim fede a urina!

Esta na hora de repensar o lugar do festival, a ganancia aqui deixou todo mundo numa lata da sardinha… 

E ninguem emite nota fiscal.

 
  
    
   

lava jato do futuro

Essa foi uma semana de Luto para justiça, e de gloria para a advocacia.

Nós advogados só temos como defender duas vertentes na justiça, sendo uma a Lei e a outra o legitimo interesse do cliente.

Essa semana o legitimo interesse venceu.

A foto da turma de advogados efusivos, comemorando em plenario “a la gangue dos guardanapos” foi marcante, e a sensacao de perda e falta de justiça repugnante… se os honorarios deles forem arbitrados de acordo com esse sentimento ja grantiram o resto de suas vidas e de suas familias.

Agora…………….

Por que Joaquim Barbosa ficou calado diante do fatiamento da Lava Jato?

Onde esta sua opniao?

Por onde ele anda?

Pra quem teve um papel tao importante no STF, deixar passar isso em branco….

é andando que a gente se entende

Nunca tive tempo de andar com o nino pela  rua e tambem nunca achei necessario porque desde pequeno aprendeu a urinar no tapete higienico.

De uns tempos para ca quebrei esse paradigma, desde que luis e vitor se foram (eterna saudade) senti que ele ficava mais feliz quando andava comigo na rua.

Em pouco tempo passamos andar 2x ao dia, de manha bem cedo e a noite… todas as vezes que retornamos ele me olha com uma carinha tao feliz que é impagavel.

Alem disso perdeu o interesse pelo tapete… so usa em ultima instancia.

Mal sabe ele que nossas caminhadas sao,  em ultima analise, mais importante para mim do que para ele, pois sao esses pequenos e preciosos minutos que paro de pensar nos problemas e reflito sobre as soluções.

Talvez ele saiba, so nao conseguiu verbalizar isso.

Melhor comprar no site

Nem sempre comprar na loja é a melhor atitude. Se voce não tem certeza, que o produto que vai adquirir, é bom o suficiente para suprir as suas necessidades; se voce pode esperar alguns dias, melhor comprar pela internet enquanto decide, para poder devolve-lo caso não esteja de acordo (ou arrependido) do que comprar na loja e abrir mão desse direito.

simples assim

  

Pizzolante… ontem, hoje e sempre.

Hoje de madrugada recebi a notícia que o Kiko havia falecido de um AVC.

Era duas horas da manha quando perdi o sono após ler o comunicado nas redes sociais.

Como assim? tāo rápido? tinha poucos anos a mais do que eu, condição apta a lhe tornar imortal, afinal, eu não me trato e acho vou viver bem mais que ele.

No fundo, o que impressiona é que em um determinado momento de nossas vidas, a gente se da conta que vai perdendo as pessoas de nossa geração que outrora foram de vital importancia, como um ponto de referência. E vai vivendo e trabalhando sem novas referências, só com o que aprendemos na universidade

Por essa, dentre outras razões, hoje fui me despedir dele pessoalmente.

A partir do momento em que voce reconhece a ajuda e contribuição de outra pessoa em sua vida, não se esqueça de, no fechar da cortina, agradecer, prestar solidariedade e refletir, sobre as lições adquiridas e o que esse tempo significou para ambos. 

Isto porque sei que, na pratica, tais relações são um presente de deus, não é a regra, e sim uma exceção.

Parece ontem que recebi a Be no Zveiter, como minha estagiaria, alguns meses antes de me formar.

Pouco tempo depois, entre as minhas idas e vindas do escritorio Zveiter (sem correlação com o titanic, porque eu mesmo cansava e pedia demissão) conheci o Kiko, calmo, discreto, sabio e timha um absurdo poder de sintese e explicação de forma que qualquer um poderia entender com relativa facilidade o que ele estava querendo descrever.
Em seguida o Kiko me levou ao TED para fazer voto e defender a etica de nossos profissionais, o que fiz ao longo de 8 anos precisamente, ora como defensor, ora como instrutor.

Além disso, Kiko me ensinou a estudar, ler desde os anteprojetos de codigo civil (clovis bevilacqua, tomas coelho) ate o entendimento dos tribunais superiores. Ele era capaz de traduzir o raciocinio baseado na ansiedade pela logica de acordo com a Lei aplicável.

E fazia isso rapido, com bom gosto, sem reclamar, e de vez em quando, em meio a troca de ideiais criavamos figuras e atribuiamos a elas o que realmente gostariamos que alguem tivesse dito, mais nāo fez… daí surgiu Polaco, esteve presente por algum tempo falando sobre os poderes da Personalidade em ações do Juizado Especial Cível.

Kiko foi um otimo filho, bom marido e bom homem. O tipo de pessoa decente, que falta no mundo.

Deixou a Be que tem uma familia igualmente feliz e estruturada.

Infelizmente não o via desde minha separação… demorei um tempo para me acomodar e  dizer a ele que era gay, que estava vivendo com um novo – e jovem – homem, foi quando me dei conta que a demora era injustificada ja que ele anos antes ja tinha publicado livro falando sobre as relações homoafetivas.

Ainda assim, por um tempo, entrei na toca e demorei para falar com ele. Passado esse fato ficamos por horas botando o papo, a lei, doutrina e jurisprudencia em dia e fiquei de fazer uma visita que chegou tarde demais, para ser ao vivo e a cores, mais cedo o suficiente para reencontrar a esposa, a sogra, a colega de trabalho ana sarah, e a eternidade porque minha fé diz que ele subiu ao ceu para ficar perto de deus pai e olhar por nós.

tenha  uma boa semana

p

O início, o fim e o meio

Hoje Luis e Vitor partiram para um novo reinado, na casa de seus novos donos.

Quatro estava demais.

E não consegui escolher um deles, porque estavam tão bem juntos.

Agora entendi, depois do Pablo ter vivido o parto da nina, depois de ter vivido com ele todas as expectativas do nascimento dos “netos” e da angústia de não ter conseguido lidar com 4 que a despedida daqui de casa, esse fim é o meio para um recomeço deles.

Que papai do ceu olhe por eles, que tenham na casa nova tato amor quanto tiveram aqui em casa, que tenham uma vida de amor e realizações.

Que eles tenham menos medo, menos saudade, menos duvida e mais espaço.

Pedro