Nem toda mudança é para melhor

O que estou a escrever parece óbvio mais não é, ou pelo menos, não deveria ser para quem no futuro acredita e pensa através dele deveriamos deixar um legado melhor para os outros.

Hoje ja com 46 anos ou 4 para 50 ando bastante reflexivo sobre o que de bom vivi e o que de ruim não ficou para trás.

No campo do direito vivemos um retrocesso desde a reforma do código de processo civil que sinto não veio para melhorar quem em sua vida depende e confia na justiça.

O Poder Judiciário não é eficiente. Matérias como a de ontem que mostram a forma rasa através da qual algumas decisões são tomadas como a admissão de um filho socioafetivo sem sequer consultar família e amigos é a prova disso.

E nós advogados lidamos com o acessor do juiz, o responsável pelo expediente, o oficial de justiça, o tempo que se leva a conclusão e outro decorrente da publicação, as vezes, para chegar ao nada. Tudo isso com certificação iso-blah-blah-blah bons gráficos e número enorme de demanda, talvez, em justificativa ao atraso da justiça.

Nenhum relato de cidadão que deixou de ir a justiça por conta dos avanços existe. De igual forma não vejo relato de Advogados e clientes sobre como a justiça ficou mais ágil, porque não há.

Fato que a inovação na justiça não foi progresso. Depois de não conseguir fazer isso na doutrina veio a nova interpretação constitucional e doutrinária segundo o clamor da sociedade. Através dela percebo postura lamentável e vergonhosa de juiz a ministro que com base nessa nova prerrogativa opta por reinterpretar segundo os novos pleitos sociais. Ou pior, recomenda musica e livro de acordo com sua visão do que seria a sociedade justa e moderna.

Bem, no campo da política de que jamais deveriam ter entrado os magistrados são péssimos. Precisamos de mais magistrados e menos inovação, precisamos que o Poder Judiciário saia dessa estrutura pesada tipo mausoléu com obra cara para algo mais próximo da realidade do país. Afinal o judiciário, MP gastam dezenas de bilhões de reais.

Agora entendo porque modernamente estão na TV, na Rádio, internet, youtube, fazendo audiência ou desta vivendo. Explicando ou justificando, levantando bandeira e de sua função fazendo carreira. Porque o estado não pode parar.

Sobrevivi a criação do CNJ, que instado a pedido do meu cliente respondeu dizendo que a questão deveria ser tratada entre parte e magistrado. Ora?!

São avanços que não se traduziram em melhora, apesar dos empregos, apesar dos gastos.

E o exemplo de casa vai a praça. Dezenas de agências reguladoras, uma infinidade de políticas sociais, o que me leva a crer não há desenvolvimento sem geração de pobreza, o que é lamentável. E não ha na mudança de governo, qualquer que seja, evolução dado o alto grau de endividamento do Estado para com seu povo. A essa altura do campeonato não estou nem falando de dinheiro, e sim escola (com ensino) saúde e trabalho com remuneração digna para suprir casa, família e férias.

Tudo isso é coisa do passado, assim como carbono de cartão de credito, cheque ou fax. Isso não nos pertence mais.

A massificação de tudo foi a pior guerra da indústria, governo e empresários contra a população.

E no fim da linha ainda se questionam, ou fazem bandeira, governantes e ativistas da fome que resulta a proliferação de suas bandeiras.

Se antes haviam 3 segmentos de automóveis, hoje existem uns 20. Subcompacto, compacto, pequeno, medio, grande, suv, e por ai vai. Indústria tradicional diversificou seu portfólio e hoje nos fornce uma gama de modelos que não são baratos, não são acessíveis e não são de boa qualidade.

E porque seriam se no mundo atual nada se conserta tudo se troca, e assistência técnica é algo do passado?!

Para gerar mais riqueza e pobreza.

Ate quando?!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s