Vale – brumadinho e advogado. Onde se igualam, onde se diferem. Não podemos generalizar. Mensagem transmitida a Band News em razão do que disse o Boechat.

Escutei pela manhã a opinião do Boechat sobre o acontecimento trágico em Brumadinho. Ok não podemos generalizar, confundir as responsabilidades e culpar ou tornar cúmplice o advogado.

Abaixo o porque:

Entendo a indignação do Boechat em relação aos acontecimentos da Vale. Concordo, se uma lição podemos tirar disso é que a empresa não fez o dever de casa. Não.

Agora discordo com a forma através da qual reclamou com veemência do advogado.

O advogado (e aí me incluo) é indispensável ao funcionamento da justiça, quer ela seja obtida ou não, quer falhe ou não.

E nós que militamos nessa área assim o fazemos para obter justiça, sentimento esse para nós equiparável aquele que um médico tem ao salvar uma vida.

E nem sempre recebemos os honorários devidos ou até mesmo o reconhecimento pelo cliente. Quando é rápido, é porque é fácil, não custa nada. Quando é vagaroso, o problema é a justiça ou do advogado.

Não sei quanto os advogados ganham para a patrocinar a Vale nem posso sob as penas de Lei afirmar ou concluir que é muito, pouco, ou exageradamente grande.

Posso contudo concluir que a forma pela qual foi dito o tom generalizou.

Ademais se alguém pode ir à justiça pedir alguma coisa em nome de alguém, somos nós advogados que amanhã podemos inclusive defender clientes processados no simples exercício do direito de informar como o serviço realizado por voces a título de exemplo.

Ademais o advogado presta juramento e tem o dever de defender a Lei o legítimo interesse do Cliente quer seja moralmente admissivel ou não (um devedor por exemplo)

Assim e que entendo as palavras foram ditas no calor do momento. Estou igualmente indignado. Alias o presidente da Vale é de um cinismo enorme, sequer falou dos funcionários da empresa que preside e de luto da empresa pelos seus, limitou a fazer um pedido de desculpas genérico tipo deboche.

E caberá a nos advogados pleitear as indenizações, cujo valor (muito ou pouco) será estabelecido pelo Tribunal. E tem uma galera oportunista confundindo as competências e foros para incriminar a reforma trabalhista que não é responsável por esta tragedia.

abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s