O mundo esta em guerra e o Brasil surfa a onda para ignorar solenemente seus problemas, ate quando?!

Ainda estou por entender qual a dinâmica e sentido da anulação do povo Russo de muitos mercados.

Hoje pela manhã acordei pensando porque estão tolhidos de ter iPhones? Confesso nem dei importância a saída do McDonalds porque acho todo mundo ganha em comer menos besteira, agora apreender o dinheiro do Chelsea só porque seu dono é Russo?! Microsoft?!

Sou totalmente contrário a guerra, um horror, e sensibilizado com as matérias que os jornalistas fazem acerca das famílias que foram dizimadas por esta catástrofe.

Não vejo o cidadão russo propulsor dessa crise, muito pelo contrário, ele está igualmente sendo afetado ou será que ninguém pensou que sanção a Russia, sua economia e seus produtos não acarretam em prejuízo aquela sociedade? Lá não terá aumento de desemprego, fome e do valor das contas? Por acaso são independentes do mundo? Claro que não.

A Ucrania para o mundo parece não ter culpa por não ter entrado na União Europeia como também se isenta de falar do problema de corrupção.

Realidade muito conhecida para os Brasileiros refens das oligarquias políticas que decidem o uso e destino da nação em um piscar de olhos desde que seja nutrida e expandida pelos programas sociais que no fim do túnel tornam aqueles escravos do governo.

A crítica ao país alheio torna a realidade muito simples e fácil. Não é preciso lembrar que estamos em ano de eleição porque existe uma guerra em algum lugar do mundo.

Ninguém questiona como a secretaria de diversidade sextual do Rio apoia iniciativas que dão dinheiro as pessoas em ano de eleição, ou porque vamos ter carnaval quando a China esta fechando suas portas em função da variante. Como pode aquele país rico que mais lucrou estar fechado fazendo previsão sem crescimento?!

E se é importante trabalhar para o país voltar a crescer e a economia girar porque não fomentar emprego nos demais setores da economia ao invés de focar na festa popular. Porque não aproveitar esse momento e pegar o museu que sequer inaugurou da imagem e do som em copacabanda e tornar museu do carnaval na praia de Copacabana.

Como vamos crescer enquanto nação com aprovação automática de nossos alunos? Se não exigimos dos alunos que estudem para passar de ano, algo óbvio, e mantemos uma parte significativa da população em bolsa do governo como vamos proporcionar a estas pessoas fazer a travessia de realidade e vida?

A resposta é simples, não vamos porque para o Governo não interessa. O que pode o povo dar ao governo por sua evolução? O que vai o Brasileiro oferecer ao governo em troca de seu aperfeiçoamento e educação? De outro giro o que tem o Governo a oferecer senão uma máquina inchada de cargos e paralítica na ação.

Derrepente ficou muito barato, bacana e politicamente correto fomentar esse sistema, criar grupos, ativismo para fazer pauta em qualquer assunto do que olhar para o próprio umbigo.

Pois é, ha uma guerra la fora, um monte de decisioes questionáveis e precipitadas estão sendo tomadas, sem inteligencia. Desse banho de sangue que será a anulação temporária da economia russa, de seu povo e cultura, alguém vai lucrar. Certamente.

E o Brasil ao se manter neutro em relação as sanções não esta sendo conivente com nada, se bobear vai receber esse capital externo para satisfazer o ego de muitos de seus politicos que, em comum, todos sustentam promessas fracassadas, de transporte (brt/metro) saúde e educação (apesar da pec da incorporação do fundeb).

E quantos de nós vamos fazer a reflexão desses fatos com alguma prudência?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s